Cronicas e reflexões

CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

E AGORA TADEU ?



Fiquei feliz por ver Tadeu novamente. Esse moço ( taxista ) tem me conduzido pra lá e pra cá,aqui em Sampa,por muito anos. De vez enquanto leva meus filhos para um ou outro Aeroporto.
Zé Tadeu ( é seu nome ) estava em picos de crise e depressão. Sumiu um bom tempo do bairro. Um conjunto de perdas emocionais ( divórcio,falecimento do pai etc…) acabaram lhe dando uma rasteira e ele se recolheu para tratamento de uma síndrome de pânico.
 Hoje,nesse reencontro fui saber que ele está muito bem,fazendo terapia,tomando remédios controlados e se reerguendo em todos os sentidos.Inclusive com namorada nova.

- Há !…vá ! Não acredito…namorando Tadeu ? Que bom ! Fico feliz que as coisas estejam fluindo bem.
- Pois é Dona Elsa ,ela é mulher madura,dez anos mais velha que eu.

- Isso não é problema,arrematei.Talvez nesse momento da tua vida seja bom uma pessoa experiente,vivida e equilibrada. Com o tempo voces vão se ajustando.

- To muito contente… ( Tadeu sorriu ) .A gente se dá bem,conversa bastante. Ela também é divorciada,vivida,experiente e também passou por depressão como eu, então ela me entende. 

Luis destrambelhou a falar das qualidades da nova namorada, com tanto entusiasmo,exaltando suas virtudes,que desconfiei…final de contas,ninguém é tão perfeito. Quando a esmola é muita o santo desconfia.Mas…fiquei muda.

- Só tem um problema Dona Elsa. (seu semblante ficou sério)
- Sim Zé ? E qual é ? pensei comigo…lá vem.
- Pra senhora posso contar porque confio na senhora e na sua opinião. Ela quer fazer sexo todo  dia.Não é dia sim,dia não… ela quer todos os  dias,semana inteira…mes inteiro…Tá difícil…Não to sabendo como lidar com isso.O que a senhora acha ?

 Tentei disfarçar meu espanto, e depois de alguns segundos em silencio, só consegui balbuciar :
- Bom…
                                                                                                 *PenhaBoselli* / 2015