Cronicas e reflexões

CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

sexta-feira, 24 de maio de 2019

DIA VAZIO



Claro que fiz muitas coisas.Minha rotina sempre é bastante atarefada.Cumpri minhas tarefas domesticas em tempo hábil e ainda consegui reservar um horário para minha yoga.No entanto o dia parece vazio...como se nada importante ou interessante houvesse acontecido. É essa a sensação que fica quando sento no computador para escrever e não encontro nada,nenhum assunto,nenhuma história. Parece que o dia foi tão comum,tão simples,que nada tenho para contar.
Ma o que importa é que foi um dia perfeito : com saúde,comida na mesa,rotina vencida,casa em ordem e na janta macarrão com vinho e pão. Precisa mais ?


Não...o dia não foi vazio. Foi um mega dia pode crer.
E ainda consegui um tempinho pra conversar com Santa Rita de Cássia.

                                            Maria da Penha Boselli* / 2019

DIA CURTO


Dia curto é quando a gente não consegue cumprir com todas as tarefas que se propôs cumprir ao levantar de manhã.Fica aquela sensação de "lição incompleta ".
Mas fato é que os imprevistos acontecem ,nos desviando das funções almejadas e o relógio acaba andando mais rápido.
Aí a gente se recolhe na cama a noite,faz um balaço do dia e diz mentalmente no silencio do quarto : faz mal,amanhã eu faço / paciência...não deu não deu / amanhã é outro dia...e por aí vai.
Importante é estar bem. Não somos perfeitos nem donos do tempo...certo ?


Então....boa noite !

                                                            Maria da Penha Boselli* / 2019

MULHER INVISÍVEL

Você já se sentiu invisível? Tipo assim...entrar numa loja e os atendentes te olharem como se você não estivesse alí? Então...
Olharam...acharam que eu tinha estampa de quem não ia gastar nada e me ignoraram...continuaram passeando pela loja em grupo de dois ou tres...sem nem perguntar o que eu estava fazendo alí. Na verdade a loja estava vazia. Nunca vi a Tok Stok tão vazia como hoje.
Não sou rica...mas também não tenho cara de pobre que tá matando cachorro a grito. Me avaliaram pela roupa ? Pela postura ? Pela cor do cabelo ? Pela bolsa simples e barata pendurada no meu ombro ?
Quando eu estava quase fechando a compra com um tal de Daniel ( nome fictício ) que me considerou como gente...a esnobe mocinha que me recebeu na escada da loja mas me ignorou,chegou toda ofegante dizendo que tinha me visto antes.Pensei que os dois funcionário fossem se pegar ali mesmo na minha frente,na disputa pela venda. Que situação...
Fiz minha compra e caí fora. Não sem antes percorrer toda a loja,passando por roupas,utensílios,tapetes,objetos decorativos etc...num trajeto obrigatório para quem quer chegar ao caixa,pagar a compra e ir embora.


Maria da Penha Boselli* / 2019

quarta-feira, 22 de maio de 2019

TEIMOSA VIRTUAL

Reconheço que sou teimosa,mas vejo isso como uma qualidade e não como defeito ( pelo menos no meu caso 
Quando mexo no computador ( mesmo naquelas partes tecnológicas que não entendo nada ) fuço e fuço até conseguir deixar as coisas do jeito que eu quero. Se eu dispensasse nas loterias da vida,a mesma energia que dispenso no Mac,já teria ganho algum dinheiro.
Ser teimosa na busca e solução de algum trabalho é coisa saudável. Sempre obtenho bons resultados graças a minha teimosia e determinação. Não entendo nada de computador,mas o pouco que consegui aprender sozinha e teimosamente, me basta para o que quero.

um ótimo dia

fuiiiiii…

(09/05/2019)    Maria da Penha Boselli* 



DIÁRIO ( maio de 2019 )

DIÁRIO ( maio 2019 )

meu IPad ficou esquecido na gaveta por meses.Hoje me lembrei dele e resolvi matar a saudade. Para minha surpresa ainda estava com uma boa carga de bateria,mas minha alegria durou pouco. Assim que comecei a manipular o aparelho,me lembrei dos motivos do esquecimento : é lento,demora demais para responder aos comandos,demora para conectar com internet,demora para abrir janelas e aplicativos e me faz perder a paciência rapidinho.
Moral da história...vai voltar para o limbo por mais um bom tempo.
fui...um ótimo dia a todos

                                                         Maria da Penha Boselli* / 2019

terça-feira, 21 de maio de 2019

LEI DA ADAPTAÇÃO

Impossibilitada de tomar o suco de Baco até que termine o antibiótico ( já estou na contagem regressiva ) tive que arrumar alguma coisa liquida para beber nas refeições. Experimentei de tudo e para tudo torcia o nariz : guaraná,coca,suco com néctar,sem néctar,chá verde etc...etc...etc...
Aí me lembrei que tinha sobrado uma garrafa de groselha do aniversário da minha neta. E também lembrei que na minha infância lá em Taquaritinga a gente tomava leite com suco de groselha em casa.
Entusiasmada abri uma caixa de leite e pinguei umas gotinhas de groselha no copo.Háááá...que delicia de infância. O cheiro adocicado da groselha misturado ao leite fresco me transportaram imediatamente para tempos felizes que não voltam mais. Sem contar que a groselha tinge o leite do copo de um tom rosa indescritível.
Estou viciada no leite cor de rosa com aroma de groselha.E Baco está com ciúme.
kkkkkk
Fui !
                                            

BOMBEIROS E PALESTRAS


Hoje tem palestra no salão do prédio sobre incêndio.O nosso salão de festas está num estado tão deteriorado que os bombeiros vão achar que o fogo já passou por aqui.
A palestra é para orientar procedimentos no caso de uma fatalidade que envolva incêndio. Eu aqui com meus medos,penso que numa emergencia talvez seja melhor me jogar no galho da árvore que se estende até a janela do meu quarto e descer pelo tronco que nem chimpanzé.
De qualquer maneira num vou. Pra ir vou ter que abrir mão das minhas bolsas ( bolsa quente para ombro bursitado e bolsa fria pra maxilar cirurgitado )
Ando pela casa parecendo árvore de natal com bolsas de água penduradas pelo corpo.
Dou risada de mim mesma porque são situações que precisam bom humor para serem administradas.
Tenham um bom dia ...e LA NAVE VÁ....



ARRUMANDO GAVETA

Abri a gaveta e fiquei olhando a bagunça. Não ia ser fácil…a preguiça acenava para procrastinar Quem sabe outro dia …?

Alicate de unhas misturado com batons ,lápis de sobrancelha enroscado em tocas de banho que a gente ganha nos hotéis…sabonetinhos de brinde no meio de remédios de todo tipo,comprimidos e pomadas.Cremes anti ruga no meio de band-aids….fio dental,e fivelinhas enroscados em meio a lenços de papel…Affe…respirei fundo…era o caos dentro de uma gaveta.
Tomei coragem e comecei…Tirei tudo de dentro para poder selecionar,separar,organizar,limpar…ec…etc…etc…
Dois sacos de lixo descartáveis ,foi esse o saldo da ação limpa gaveta. Potinhos de cremes vazios,caixinhas vazias,tortas ou enrugadas. Batons velhos rançosos,blush vencido,remédio velho…um verdadeiro apocalipse …Enfim depois de uma hora dei a tarefa por concluída.
A gaveta ficou clean. Organizada,leve e fácil de encontrar as coisas.Quero ver quanto tempo vai durar.
Como a gente guarda tranqueira…affe…

Maria da Penha Boselli* / 2019

sábado, 11 de maio de 2019

FOLGADOS DA MADRUGADA


Eram duas e meia da manhã quando eles chegaram dando risadas,falando alto e fazendo comentários que provocavam novas gargalhadas de tempo em tempo. A situação era similar. Isso já acontecera antes,nesse mesmo horário e estilo numa madrugada que nem lembro quando.
Ao espiar pela fresta da janela do meu quarto,minha suspeita se confirmou.
O grupo de três homens e duas mulheres estavam com roupa social ( eles de terno e colete pretos ,elas de saia preta longa com blusa e xale brancos )
Pareciam membros de alguma orquestra,eram eles sim de novo.Depois de muitos meses voltaram no mesmo horário com as mesmas risadas e conversas não sei de onde.
Quem são? De onde vieram? Até o carro encostado na guia era o mesmo. Lembrei-me que da outra vez demoraram muito para ir embora e ficaram nesse bate papo até quase quatro horas da madrugada e que,quando finalmente se retiraram com o carro,um deles entrou no prédio em frente ao meu.
Então dessa vez não fiquei quieta na cama lamentando a balbúrdia na rua.Levantei,fui até a sala,acendi a luz e me plantei na janela escancarada. Um deles me viu e acenou o braço sorridente lá da esquina onde estavam,deixando claro para o grupo que tinha gente no prédio da frente incomodada com situação. Era eu. Então eles começaram a falar baixinho,mas da minha janela no terceiro andar,eu fiz sinal com a mão de que ia usar o telefone pra chamar a polícia.
Funcionou ! O grisalhão tipo Maestro entrou no prédio dele ( que fica em frente ao meu ) e o o resto do grupo entrou no carro e foi embora.
Tem dó ...vieram de algum evento ? Tocaram em algum casamento ? São músicos ?
Não sei quem são,sei só que são folgados.

                                                     Maria da Penha Boselli* ( 10/maio/2019 )

quinta-feira, 2 de maio de 2019

BRIGANDO COM O KINGSTON


Feliz com as minhas novas musicas gravadas, fui até o carro testar meu usb. Três musicas religiosas se repetiam e repetiam. As outras quinhentas e sessentas não tocavam.
Subi no apartamento, sentei no computador, procurei até achar as três musicas de igreja, deletei as três e voltei para o carro.
Novamente as mesmas musicas apareceram e eu subi e voltei para o computador. Achei as mesmas musicas em outras listas e com nomes diferentes.
deletei...desci...entrei no carro e...???
surpresaaaaa !...elas voltara a tocar que nem assombração e não deixavam outras musicas rolarem no som.
Irritada e sem entender nada, voltei para o quarto, sentei no computador e pensei...NÀO É POSSÍVEL !
será que é porque o Kingston está num chaveirinho de Nossa Senhora Aparecida ?
Impaciente arranquei o Kingston do chaveiro, reorganizei as musicas em pasta, verifiquei uma por uma e voltei para o carro.
TCHARAAAAAMM ! Elas tocaram de novo.
Nova verificação ( meus ouvidos já entupidos ) e ei-las de novo com novo título.
Finalmente aliviada e crente de ter conseguido uma solução fui com esperança pegar a chave do carro e...CADE A CHAVE ? CADE A MALEDETA DA CHAVE ?
Nisso o celular faz plim plim.
mensagem do meu filho : mãe saì com o carro, hoje é feriado volto a noite.
hóóóó céus ! por que ? por que ? por que ?



                                                          Maria da Penha Boselli* / 2019

CÉTICA



Quando os meios de comunicação falham ( por improbidade,falsidade,manipulação,parcialidade ) fica difícil se manter bem informada : jornais,revistas,videos, rádios,redes sociais,etc...
Não dá para creditar em ninguém...nem na NASA ( ops...principalmente na NASA )
kkkkk
Se um ET descer do espaço e falar qualquer coisa comigo, tipo "zium zium bzzzz ...eu acredito. Prefiro acreditar naquilo que não entendo,num sei o que é,do que nas falas midiáticas e jornalísticas que e
scuto na Terra.
Misericórdia...quanta maquiagem e distorção !
Eles fingem que passam a verdade e eu finjo que acredito / mas não acredito. E de fingimento em fingimento caminha a humanidade.
To fora...
Melhor eu comigo do que com eles e pagando mico.
Tchau ! Boa noite
Fui !

                                     Maria da Penha Boselli* / 2019

COMO ESTÁ NÃO DÁ PRA CONTINUAR

Impressionante...a França em turbilhão...Não ! Não é a Nova Queda da Bastilha ! Mas poderia ser...Faz parte da história...tá no DNA deles...
Há...se a Guilhotina estivesse em vigor....
Evoluímos...mas os franceses insistem em fazer rolar as cabeças...só que sempre cobertos de razão e com coletes amarelos.
No Brasil...Minas Gerais colhe o "karma "da Inconfidência Mineira e a morte bárbara de Joaquim José da Silva Xavier.
Rio de Janeiro colhe o "karma "de Men de Sá e seu sobrinho na barbarização das tribos locais para "limpar a área " ,tomar posse da região,e fundar a cidade mais tarde dita "maravilhosa "
Quantos "KARMAS " um pais sustenta no seu corpo astral pelas improbidade e barbaridades cometidas ao longo da história ? Qual a quantidade de energias amorosas e positivas necessárias para limpar esse astral ?
E a nível Planetário...pensou ? Imagino que o astral do Planeta Terra esteja bem trevoso...e contaminado em proporções bem maiores.
Tudo é energia...e se as energias geradas por comportamentos e pensamentos de baixa frequência não melhorarem...vixi...a coisa vai piorar.
Nossos pensamentos e comportamentos geram energias que afetam todo Campo Eletrônico ao redor do Planeta Terra.Cabe a nós ( humanos ) modificar tantas tribulações geradas no campo econômico,social,ideológico,emocional e mental.
Já estamos colhendo no âmbito climático as consequências de nossa insanidade. O Planeta vai nos obrigar a mudanças drásticas e dolorosas, porque está a serviço de uma Ordem Cósmica que não pode ser interrompida, desqualificada ou negligenciada...A ORDEM do AMOR.
Quem viver verá...Gaya vai nos colocar de volta no caminho que insistimos em procrastinar. E o processo já começou.

                                                                   Maria da Penha Boselli* / 2019



quarta-feira, 1 de maio de 2019

FERIADO DO TRABALHO

FERIADO DO DIA DO TRABALHO

VÉSPERA DE FERIADO

amanhã é dia do trabalho ( artigo de 30/04/2019 )

talvez os homens descansem....mas a mulherada que trabalha fora, com certeza vai aproveitar a folga para colocar a casa em ordem,dar uma arrumadinha em alguma gaveta ou outras coisas de armário e cozinha que precisem um "tapa" rápido de organização. Lavar ou passar as roupas que estão acumuladas no cesto,fazer uma comidinha melhor para os filhos,guiçá podar as roseiras do jardim ou varrer o quintal.
Aqui em Sampa muitas familias vão passear nos parques,tomar um sol regenerador e deixar as crianças se divertirem feliz. Mas nem todas...nem todas...
Outras familias passarão o dia em algum shopping ou praça de alimentação nos Mac food da vida e admirando vitrines iluminadas. Mas nem todas...nem todas...
Para o pessoal da roça nada muda. Necessário se faz dar comida aos porcos,milho para as galinhas,ordenhar as vacas,regar a horta,acender o fogão a lenha,fazer comida etc...etc...etc...Tudo na Santa Paz de Deus e em conexão com a natureza. De repente rola um banho frio de cachoeira ou riacho refrescante. Final de contas ...é feriado. 
Com feriado ou sem feriado,mulher tem casa pra cuidar,filhos para olhar,comida pra fazer,roupa pra lavar,marido pra encher o saco e ( como ninguém é de ferro ) alguns momentos virtuais.
Ninguém é obrigado a concordar com minha perspectiva sobre esse feriado ( milhões de brasileiros e refugiados do mundo inteiro não tem nada pra comemorar amanhã ) mas é assim que penso.
Nesse exato momento só estou aqui escrevendo porque estou ignorando as camas desarrumadas nos quarto ( inclusive a minha atrás de mim ) a pia da cozinha cheia de louça pra lavar,a trouxa de roupa suja no chão da varanda e o almoço por fazer na geladeira. E já to pensando no almoço de amanhã. Quero comemorar dia primeiro de maio na rotina de sempre.Uma macarronada farta ,guardanapo no pescoço e um bom tinto italiano para acompanhar.
Pronto falei !
Aproveitar o feriado pra rezar ninguém qué,né ? 

                                                                                          Maria da Penha Boselli* / 2019