Cronicas e reflexões

CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

segunda-feira, 30 de março de 2015

PORTUGUES EQUIVOCADO

Serviço hidráulico e elétrico,por menor que seja,acaba gerando cricas inesperadas e que nos aborrecem. Por conta de um chuveiro com resistência queimada e um pinga pinga incessante da torneira da cozinha,precisei ir meia dúzia de vezes na loja do português.
O português que é dono da loja de material de construção ( e que deixa a TV dele ligada o tempo todo em canal de Portugal ) está habituado a me ver passar até duas vezes por dia em frente a sua loja,por conta que o mercado onde faço minhas compras fica ao lado.
Hoje,por conta de peças hidráulicas trocadas, que não se encaixavam no banheiro,tipo,resistencia errada em chuveiro errado,tive que visitar o português varias vezes. Confesso que já estava até sem graça. Tive a impressão,que o homem estava achando que eu poderia estar interessada nele. Na última vez que precisei voltar na loja ( a quarta do dia ) o portuga arreganhou a boca para mim, num sorriso escancarado e galanteador. Só me faltava essa…
Agradeci a troca da peça ( a quarta troca do dia ) e sai da loja prometendo a mim mesma, que por hoje,o português não me veria mais ; antes porém,quis deixar bem claro a ele, minha contrariedade pelas inúmeras visitas inevitáveis ao estabelecimento. O português sorriu maroto…me pareceu que ele não acreditou em meus argumentos.
Chegando em casa,dei falta de algum ingrediente importante para a janta. Teria que sair de novo até o mercado, rapidinho. Para meu desespero,teria que passar em frente a loja do português mais uma vez.
E lá estava ele…recostado no batente da porta como sempre,apreciando o movimento da rua.
Ao ver que eu me aproximava o português sorriu e se movimentou como que abrindo espaço para eu entrar na loja. Deduziu ( no seu pensamento ) que mais uma vez alguma peça precisaria ser trocada,ou que eu poderia estar arrumando alguma justificativa hidráulica,para me aproximar dele. Continuei andando de cabeça erguida e pisando duro no chão. Passei reto pela loja do homem,não sem antes comentar ironicamente :
- Não quero nada não português. Tá tudo certo. Passar bem. ( e corri para o mercadinho )
Fui firme. Tinha que mostrar para o português que ( apesar das inúmeras vezes que estive na loja dele, em busca de peças hidráulicas e elétricas ) meus motivos eram justos e não escusos. O português precisava saber que estava equivocado.


                                                                                             *PenhaBoselli* maat / 2015

domingo, 29 de março de 2015

BACALHAU ?


Cruz credo ! O bacalhau tá caro pra chuchu. A posta gorda e biteluda do peixe tá uma nota preta. Se for comprar azeitona da boa e um bom vinho então….vixi… ! Vou ter que fazer um empréstimo consignado no banco para comer bacalhau na sexta feira santa.
Pensei em comprar uma bandejinha de bacalhau desfiado e fazer tipo risotão com arroz branco e ervilha. Mas vi tanto espinho disfarçado de fiapo de bacalhau dentro da travessa de isopor ,que desisti. Economizar tudo bem,mas ficar engasgatada com espinho na goela não. Eu heim !
Aí…parei em frente aos vinhos. Tive vontade de chorar. Fiz tantas vezes o movimento de abaixar e levantar a coluna, para verificar o preço dos exorbitantes, que acabei com dor na lombar. Chorei largado por duplo motivo : pela minha escassez de fundo monetário e pela pincelada de dor na cintura.
Éééé…acho que nessa pascoa,vou ter que substituir o bacalhau por escabeche de sardinha.E a garrafa de vinho, por suco de uva temperado com uma dose da branquinha marvada.
Chocolate ? Nem pensar…foi-se o tempo de enfiar a cara dentro dos ovos marrons, sem preocupação com taxas e números de açúcar e sem culpa pelo vício saboroso.
Hááá…parece que minha Páscoa está mudando…ou estarei mudando eu ?
Se em todo caso,eu precisar mesmo economizar,vou até o pesque pague tentar a sorte na pescaria. Quem sabe não consigo umas tilápias e uns lambaris ? Pensou? Bem fritinhos e bem sequinhos,acompanhados de uma cervejinha gelada e limão ? Vixi …não precisa mais nada : nem azeitona,nem vinho e nem bacalhau.
Quer páscoa melhor que essa ?

                                                                                         *PenhaBoselli* / 2015

sexta-feira, 27 de março de 2015

SEM INSPIRAÇÃO


Quando a inspiração não vem, parece difícil escrever alguma coisa. Fico virando a cabeça de um lado a outro,procurando uma situação ou acontecimento que desperte alguma história,algum texto.

Ouço crianças brincando e correndo lá embaixo,sinto alegria no ar,mas nada que me inspire um bom texto. Também vejo flores no jardim. Isso me causa um ótimo bem estar,mas não me inspira nenhuma história interessante para contar. Alguns passarinhos passam voando raso pela minha cabeça…são pardais brigando por espaço ( isso porque o céu é todo deles ) mas essas aves pequeninas e barulhentas,não me estimulam uma boa crônica.

Estou sem energia,sem expectativa…sem inspiração. Que triste…O universo esbanjando vida em cada fresta das galáxias e eu aqui,com a alma inerte e o coração incolor.
 Quando isso acontece ( e acontece com freqüência ) procuro me lembrar das coisas boas que vivi na vida : os bons momentos as alegrias puras e descompromissadas, os presentes ganhos na infancia,o riso fácil e preciosas amizades.

Hoje,com os anos já adiantados,remeto-me em pensamento, aos passeios e reuniões felizes experenciados com filhos e netos .
Temos que recorrer á memória e lembrança de bons momentos, para vivificar o passado,quando estamos em busca de inspiração. Prefiro calcar meus textos em momentos felizes, do que em tristeza,depressão e tragédia,como procedem os poetas e boêmios down.
Não quero ser mensageira da tristeza,da decepção e da dor. Nem escrever sobre as tragédias que se abatem sobre a humanidade desde a fatídica mordida da maçã. Quero vida ! Colorida,vibrante,saudável,verdadeira e recheada de musicas afins. Quero anjos nos mostrando o caminho,nos fazendo companhia como fazem os amigos,ou qualquer pessoa que possamos confiar e recorrer na hora do sufoco.
Quero paz ! Alma pura…equilíbrio…e mente sã.

                                                                              *PenhaBoselli*/ maat 2015


quarta-feira, 25 de março de 2015

GALINHA CAIPIRA


Galinha caipira de verdade,não bota ovo em finados,e nem na quaresma. O povo aqui da roça diz que elas param de botar nesse tempo espiritualizado. Outro dia minha irmã achou ovos ( ditos caipiras ) em um varejão,e espantada pelo fato de estarmos na quaresma,perguntou ao dono do mercado a procedência dos ovos. O homem explicou que vinha do sitio da cunhada, que criava as galinhas soltas no terreiro,com alimentação natural ( restos orgânicos,de comidas,pedrinhas do chão,milho caipira etc… )
Será ?
Questionado pelo fato das caipiras não botarem em dias de quaresma,o homem jurou que isso não existe,que não passa de mito e que as galinhas da cunhada botavam ovos o ano inteiro. Ficamos na dúvida mas compramos os ovos mesmo assim.

Cozidos os ovos,constatamos que as gemas não eram tão amarelinhas como as gemas das caipiras devotas ( sinal claro de que a alimentação das penosas do mercado,era complementada com ração ). 
Pode parecer hilário,mas o mito de que a verdadeira galinha caipira é espiritualizada é fato. Elas não fazem a bota em determinados períodos que ( coincidência ou não ) estão associados a certos hábitos religiosos. Exemplo? Em finados voce não encontra ovos caipiras “de verdade " e na quaresma também não. 
Deduz-se que galinha caipira de verdade,respeita o calendário cristão e é conectada com planos espirituais desconhecidos. Existem mais mistérios entre o céu e a terra,do que supõe nossa vã filosofia.
 Portanto,se voce encontrar ovos caipiras em finados ou quaresma,com certeza não são de galinhas caipiras verdadeiras. Mas sim daquelas que já perderam vínculo com os mistérios da natureza e não mantém mais conexão com as coisas do céu. São caipiras da roça,mas não de tutano,porque são mantidas com uma alimentação tipo, “ meia muzzarela meia calabresa “ como se diz por aí, e isso explica o fato das penosas botarem ovos o ano inteiro.
Há que separar o joio do trigo.
Só para complementar : parece que no Natal,as caipiras também não botam ovos,demonstrando com isso uma devoção amorosa e silenciosa em homenagem ao nascimento do menino Jesus.Pois então…já que essas galinhas são tão solidárias com o espírito de Natal,se preservando da bota de ovos,porque não fazemos como elas e não poupamos o peru ?

                                                                                                       *PenhaBoselli* / 2015

segunda-feira, 23 de março de 2015

TREM BALA

Quando é que vai vir esse tal de trem bala ?
 Sou adepta da esperança ( aquela que é a última que morre ) de que os projetos saiam do papel. Mas que não demore muito,porque senão quando o corredor central estiver pronto,e as licitações estiverem concluídas,a humanidade já estará se teletransportando de um lugar a outro,em tubos quânticos de luz. E eu…talvez nem esteja mais aqui.

Quero trem bala já. Agora !
 Taquaritinga é muito longe de Sampacity. São horas intermináveis dentro da única empresa de ônibus,que pára mais que ponteiro de relógio engasgado. De carro até que a  viagem vai bem,se for fora de época tipo feriado, mesmo com a parada básica para uma mijadinha no posto Graal. Mas cansa. São quatro horas de viagem e mais quarenta ou cinquenta minutos até adentrar as entranhas da megacitymetrópole e chegar no destino final  (no caso… minha casa,minha vida ). Isso dependendo da hora que se chega. Se Sampacity estiver em horário de rush ou travestida de Sampachuva….vixi ! Esquece.
Pensou que beleza um trem bala ? Uma hora e meia até Araraquara ? No máximo duas horas para chegar em Taquaritinga ? Seria bão demais.
Com quem a gente tem que falar pra sair esse tal trem bala,e começar a construção imediatamente ? Quem é o bambambam responsável por projetos desse tipo ?
Heim ?Aqueles ? Os hóme responsáveis pelos trens do metro ? Xiiiii…..vai melar. Sei não…Se isso for verdade,o trem bala vai virar trem lesma.
Tsc…tsc…acho que meu sonho não vira realidade tão cedo. Que pena…tenho certeza que muito outros tauaritinguenses adorariam  viajar pelo trem bala. Pensou ?…subir num trem ás quatro da tarde lá em Sampa e desembarcar em Taquaritinga as 18:30, preferencialmente na porta do bar do Tadao ?Ia ser bão demais.

Simples…rápido…e eficiente. Mas…pelo jeito, a única coisa que caminha rápido nesse pais (atualmente ) é a dengue.

                                                                                                                  *PenhaBoselli* / 2015

HORA DA MIA CULPA


A chuva constante e ininterrupta pelo estado de São Paulo,desperta na gente dois sentimentos : de gratidão,pelas aguas tão esperadas e de medo,por temer o avanço da dengue com tanta água parada por aí.
É doloroso ver meu pais passando por tantas crises.Os Deuses nos abandonaram ?
Em civilizações antigas,muitos sacrifícios ( animais e humanos ) eram oferecidos aos céus,em momentos difícieis .
Hoje sabemos que colhemos a dor que plantamos. Que somos os unicos responsaveis pelo mal que nos atinge.Que Saturno é um pai severo,e como tal vai exigir explicações e punir com severidade os desvios morais dos filhos na terra.
Chega de governos oba,oba. É hora de responsabilidade,severidade,retidão de caráter,e cuidados com o povo.Hora de mostrar competencia, decisão rápida, planejamento e coordenação.
Chega de encher as burras de dinheiro.Chega de Brasil carnaval.Brasil futebol,Brasil Aquarela,Brasil fartura,Brasil mensalinho,Brasil mensalão,Brasil oba,oba.Quero ver quem é político de verdade,para governar um pais com crise no abastecimento de água,desmatamento irresponsável, corrupção que rola solta,escassez de energia,excesso de mentiras,fanatismo partidário,descaso com a saúde,e com uma população que está sendo obrigada a se curvar perante a ditadura de um inseto voador peludo e bicudo,que pode abalar as estruturas e a arrogancia da raça humana ( inclusive do politico com nariz empinado ) levando todo mundo para o hospital.
Estou me referindo a senhora Aedes aegypti,que não tem preconceito na hora de picar.Pois é...uma femea...capaz de fazer um estrago bem maior que guardar dinheiro na cueca.
Assim como os furacões...tinha que ser mulher.

*PenhaBoselli* / 2015

sábado, 21 de março de 2015

PARDAIS ÍNDIGO



Fomos tomar chá,lá em cima,do outro lado da cidade ( eu e minha irmã )
O chá estava delicioso. Café fresquinho,bolo de fubá com goiabada mole,pão integral,paté de alcachofra,mel puro para colocar nas torradas…enfim…um lanche pra ninguém botar defeito.Sem contar que a casa dos anfitriões,além de linda,era muito aconchegante.
Mas na saída,já na calçada,elogiei a hera verde musgo, que cobria toda a parede do muro,e disfarçava as portas de entrada na rua. E notei encantada,um lindo pé de romã ( carregadinho de frutas ) bem ao lado de uma das portas,rente ao muro.
- Que lindo ! elogiei.Que maravilha,voces acertaram muito bem o lugar da planta.
E eles responderam que não tinham sido eles que plantaram o pé de romã,mas os pardais,fazendo titica com semente de romã.
- Nossa !… espantada elogiei a inteligência ( intuitiva ? ) dos pardais.
Não pude deixar de notar,duas lindas mudas de fiscus,uma de cada lado de uma das portas na rua.
- Que graça ! elogiei. Fizeram bem de colocar as duas plantas,uma de cada lado da porta.
Mas eles disseram que não tinham sido eles. Novamente os pardais é que tinham semeado as duas plantas cagando titica no chão de terra.
- Sério ? perguntei perplexa. Pô…esses pardais aqui são bem inteligentes heim ! Eles tem noção de estética,de jardinagem…caracas…to besta.Parece que esses pardais escolhem antecipadamente o lugar para titicar.
Marido e mulher sorriram em cumplicidade e me disseram que lá no fundo da casa,tinham vários pés de frutas que foram plantados por pardais e alguns morcegos. Todas as arvores estavam carregadas de frutos e enfeitando o jardim.
Pasma ( mas não incrédula ) falei pra minha irmã.
- Meu…os pardais aqui desse lado da cidade, sabem cagar titica com sabedoria e discernimento,heim ! Pelo visto são pardais especiais. Guiça pardais índigo ? Já os nossos lá embaixo…
O casal quis saber sobre o que eu estava falando e eu expliquei:
-Simples…lá na parte baixa da cidade onde a gente mora,os pardais são bagunceiros,briguentos e ladrões de comida ( a ponto de entrar na dispensa da cozinha pra roubar arroz ) também são predadores das rosas de São Francisco. Ou seja…eles detonam as rosas despetalando-as no próprio galho,mostrando com isso que não tem o menor respeito pelo Santo, e que são desprovidos de qualquer espiritualidade.São pardais bandidinhos.
Pior…cagam titica pelo quintal inteiro,na mureta da varanda,no pé de acerola e na jaboticabeira. Da titica deles nunca nasceu nada no quintal, nem  tiririca. 
Minha irmã sorria de modo bizarro,tentando disfarçar dos amigos,um leve despeito pelos inteligentíssimos pardais frequentadores da casa.
Não resisti a um comentário sarcástico :
- Éééé… Cada casa tem os pardais que merece.

                                                                                                      *PenhaBoselli* / 2015


quarta-feira, 18 de março de 2015

PROCURANDO BOLSA

Subi e desci a rua do comércio inteira,entrando de loja em loja,mas não achei a bolsa que eu queria. Como sou cabeça dura,decidi por mim mesma que aqui em Taquaritinga, eu acharia a bolsa que venho procurando ha meses : leve,media de tamanho,cor castanha,com boas divisões por dentro,sem botão nenhum ( portanto movida a zíper ) de tecido imitando couro,com alças nem curta nem longa…enfim…uma bolsa adequada ao meu tamanho físico ( sou mignon ) e fácil de achar as coisas dentro dela.
- Minha senhora,essa bolsa não existe,disse a vendedora. Bolsa de mulher não é feita para achar fácil as coisas dentro. Muito pelo contrário. Toda bolsa feminina é feita para ser bonita por fora e oculta por dentro.
 
- Sei…um buraco negro,voce quer dizer (complementei resignada) onde a gente enfia tudo dentro e vira um balaio de gatos.

Em outra loja,encontrei uma bolsa que atendia 70% das minhas exigências.Fiquei toda animadinha até a hora que a vendedora abriu a boca para falar o preço. Vixi…quase tive um treco.Saí da loja em disparada que nem vampiro quando vê água benta.
Desanimada voltei para o carro, ciente de que aqui em Taquaritinga não vou encontrar a “bolsa perfeita “. Melhor continuar com a bolsa velha mesmo. É uma bolsa pesada mas ainda dá pra usar bastante. Não é uma “ bolsa família “ mas dá pro gasto. Tá de bom tamanho,para o meu tamanho.

Fazer o que ?  Bolsa velha é que faz comida boa.
Ops…foi maus,errei. Melhor uma bolsa velha na mão do que duas voando na vitrine? Nããããoooo…errei de novo. Minha bolsa,minha vida ?

Nããããooooo…!
 Céus…minha cabeça está ficando que nem bolsa de mulher.


                                                                                *PenhaBoselli* / 2015

terça-feira, 17 de março de 2015

SALADA DE CHUCHU

Salada de chuchu,pra mim,é tudo de bom . Tem gente que não tá nem aí com o chuchu.Falam que o vegetal é insosso,sem gosto definido,sem tutano. Tenho amigas que empetecam tanto a salada de chuchu com outros ingredientes,que é até difícil dizer, que a salada é de chuchu.Acrescentam tomate,ervas,ovos cozidos,batatas…tem dó ! Já virou salada mista.
Salada verdadeira de chuchu, é chuchu cozido e salpicado com salsa e cebolinha,só.
O pessoal gosta de zoar com certas pessoas,dizendo que fulano ou fulana tem personalidade de chuchu.Ou seja : não tem gosto de nada,é insosso,insípido,sem tempero,sem tutano. Que injustiça.
A maior qualidade do chuchu é carregar uma quantidade enorme de fibras.Esse vegetal faz bem pro intestino e tem bastante água que ajuda a hidratar nosso corpo,além de outras vitaminas necessárias ao nosso organismo. Papinha de chuchu,é a primeira comidinha salgada do ser humano. Portanto,ser comparado com um chuchu,deve ser considerado elogio,e não um bullying verbal.
Pessoas chuchu,são pessoas que tem fibra assim como o vegetal. Podem não ter gosto definido,podem parecer sem tempero,mas são pessoas que, assim como a salada de chuchu,conseguem agregar ao redor de si varias outras espécies de vegetais,ops…digo,de pessoas com características bastante diversificadas.
Não sejamos injustos com o chuchu,nem com as pessoas que tem características pessoais semelhantes a ele.
De qualquer maneira,da próxima vez que eu for servir ou comer uma salada de chuchu,estarei ciente de que o vegetal,apesar de insípido,é poderoso. Não se deixe enganar pelas aparencias.
Chato mesmo é descascar o chuchu.Picolé de chuchu nunca vi,não sei se existe e nem sei que gosto tem.Se é que existe.
Se chuchu não fosse bom,ninguém diria : olha aquela garota que chuchuzinho.
Portanto…mais respeito com o chuchu,faz favor.Vamos dar ao chuchu uma chance de revelar seu sabor e seu valor. Isso vale também para as pessoas com temperamento chuchu,ou com cara de picolé de chuchu.

*PenhaBoselli* / 2015
                                                    

segunda-feira, 16 de março de 2015

TODOS MERECEMOS O MELHOR


Meu Brasil merece coisa melhor.Meu povo merece coisa melhor.
Meu povo recebe esmola,quando deveria receber boa educação,bons hospitais,boas moradias. Meu povo não está sendo preparado para viver melhor,construir sua vida melhor,ser dono do seu destino, e pensar com sua própria cabeça.Meu povo está sendo conduzido por forças estranhas,confusas e obscuras,que parecem mais querer manipular do que governar.Que ficam querendo justificar seus erros por conta de um passado que já morreu,ficou lá pra trás e não volta mais.
Ser político nesse pais virou sinônimo de ladrão,pessoa sem caráter,sem escrúpulo,com baixíssimo nível de consciência,e altíssima conta bancária.
As diferenças não são trabalhadas com responsabilidade. Muito pelo contrário,as diferenças são estimuladas de tal modo,que chega a beirar o ódio. A quem interessa a fragmentação,divisão,seccionamento, e exacerbação das diferenças sócio econômicas do pais ? A quem interessa que o pobre continue pobre,vivendo de bolsas esmola ? Por que não podemos dar ao povo,aos meus filhos e a teus filhos,escolas de ótimo nível sem precisar pagar? Hospitais e postos de saúde de ótimo nível,sem precisar pagar ? Para onde vai o dinheiro dos nossos impostos ? Por que não vemos o retorno desse dinheiro ? Todos nós brasileiros ( não importa o estado,a região,a cultura,a tribo,a raça,origem ) merecemos o melhor. Isso vai acontecer quando os políticos responsáveis em governar meu Brasil,deixarem de ser medíocres como seres humanos e pequenos de alma. Quando adquirirem percepção e consciência,de sua responsabilidade espiritual com o povo brasileiro e com a missão que devem cumprir na terra. Isso inclui responsabilidade com nossas floresta,nossos animais,nossas praias,nossas fontes de água doce e as riquezas do nosso subsolo.

Governo bom é aquele que traz prosperidade,segurança e bem estar para seu povo.Governo bom não se prende a picuinhas partidárias,nem faz pacto com tubarões ( predadores ) do sistema econômico. Governo bom é governo livre,comprometido com uma única verdade : estou aqui para servir meu povo.
                                                                   
                                                                                  *PenhaBoselli* / 2015

domingo, 15 de março de 2015

MULTA DE BITUCA


O Rio de Janeiro continua lindoooo…
Continua ? Será ?

Muitas coisas mudaram na cidade maravilhosa,ex reduto dos franceses,ex capital do Brasil Colonia e Imperial,ex Municípo Neutro,ex Distrito Federal,ex reduto dos teatros de revista,dos cassinos,das roletas,da malandragem ingênua,da boêmia saudável ,das gerações "paz e amor” e dos grandes poetas e cantores…Háááaaaa…a era do rádio…
Mas o Rio Maravilha também evoluiu em outros aspectos. Apesar da sujeira e da imundície na Baia da Guanabara,apesar das invasões de casas nas florestas e morros,apesar do tráfico rolando solto,de bueiros explodindo nos subterrâneos da cidade, apesar da Rede Grobo ……vieram algumas leis,que colocam a cidade do Rio de Janeiro,no mesmo patamar de algumas cidades européias. Por exemplo a lei que autoriza guardas municipais a multarem pessoas que jogam bitucas de cigarro no chão.
Realmente a bituca de cigarro é um problema para o meio ambiente.Demora anos para ser absorvida e causa malefícios a quem já fumou e descartou a bituca,como também aqueles que não fumam ( mas inspiram a fumaça ) e á natureza que recebe os restos do vicio humano.
Tá bom…a lei existe ( voce paga cem reais se for pego em flagrante jogando bituca no chão ) e isso acontece “de fato “ porque um membro da minha família passou por essa situação. Mas…(sempre tem um mas ) os carinhas ,ops…guardinhas…ficam farejando jogador de bituca só aos redores de prédios empresarias,lugares bem frequentados por gente que tem grana, e portanto tem condições de pagar a multa ) gozado né ? Ninguém vai lá no morro ver se o bandido tá jogando bituca no chão ( mesmo porque vai ser recebido com uma saraivada de bitucas…ops…digo de balas ). E nos muquifos,nas ruelas e vielas,nos antros de perdição alguém vai, pra ver se tem gente jogando bituca no chão ? Duvidoooooo.
Então…apesar da lei da bituca e da situação caótica da cidade,o Rio de Janeiro continua lindo sabe porque ? Porque tem um guardião espiritual que fica de braços abertos em cima do morro,vendo tudo que acontece lá embaixo,inclusive quem joga bituca de cigarro no chão. Então cuidado da próxima vez que for para o Rio. Antes de acender teu cigarrinho ( seja qual for ) pensa bem na hora de descartar tua bituca. Se voce jogar no chão,ou no cantinho da sarjeta,ou no buraco do formigueiro,voce vai estar correndo um duplo risco : pagar cem reais de multa e ainda por cima ir pro inferno depois que morrer.
Éééé…o Rio de Janeiro continua lindo.

                                                                                              *PenhaBoselli* / 2015

sábado, 14 de março de 2015

ROSAS DE SÃO FRANCISCO


Elas são místicas,lindas e divinas. Podem ser amarelas,cor de rosas ou mistas entre as duas cores.
Quando o pé carrega,deixa lindo o muro do quintal. Parece quadro de pintura.
Essas rosas estão profundamente ligadas á história de São Francisco de Assis. Representam o amor puro, que o ermitão santo nutria pelas coisas da natureza ( principalmente os animais ).
Quando estou em retiro comigo mesmo,absorta no meu silencio,me remeto á solidão de São Francisco de Assis. É saudável,reconfortante e regenerador.

Hoje de manhã,pedi licença ao pé de rosas do Santo,para colher uma no galho. Queria trazer para o quarto e colocar ao lado da Virgem.A resposta da roseira foi bem interessante.Tinha chovido bastante durante a noite, e ao puxar o galho para cortar o ramo da rosa,fiquei salpicada de gotas de chuva,que me refrescaram,me autorizaram a captura da flor e ainda por cima me abençoaram.
As rosas de São Francisco de Assis, não são apenas decorativas,são mensageiras de uma graça recebida.Representam um presente divino,que chega até nós através das rosas, enviadas por São Francisco de Assis,dizendo á sua maneira, que atendeu ás nossa preces.

                                                                                                    *PenhaBoselli* / 2015

quinta-feira, 12 de março de 2015

ARRISCANDO A SORTE

Subi a pé com chuva e tudo até a lotérica mais próxima. Desanimei quando vi o tamanho da fila.Meia hora de espera,no mínimo. Voltei pra casa determinada a pegar o carro e procurar outra lotérica. Com certeza também estaria cheia. Megasena acumulada,lotofácil acumulada,a situação estava irresistível para quem gosta de jogar,e eu ( como milhares de pessoas ) achei que valia a pena arriscar. 

Na outra lotérica,fila de novo,se bem que menor. Aguentei firme…a vontade de ganhar na loteria era bem maior que minha paciencia.

- A senhora não quer levar também um bolão da casa ? disse a moça me cutucando a ambição.De repente…
né ?
- Levo sim minha filha,dá um aí.Vai que né…
Olhei para o vidro transparente que me separava da vendedora, e vi fileiras enormes de bilhetes pendurados.Fiquei tentada.

- Moça…me dá esse bilhete aqui com final um.
- Leva dois minha senhora,é só dois reais o pedaço.

- Tá bom…então me dá. Vai que…né. Mas que bicho é ?

- Avestruz minha senhora.

- Avestruz sou eu. Tem tudo a ver comigo.Ha anos que vivo com a cabeça enfiada no buraco. Vou levar. Pode me dar dois pedaços.
A moça achou graça,mas como boa vendedora arrematou:

- Senhora…leva também o predador da avestruz. Vai que…né.

- Será ? ponderei surpresa. E quem é o predador da avestruz ?

- Pode ser o tigre…o urso…o leão…Leva um de cada.

Espertinha a moça né ? Querendo se aproveitar da minha voraz vontade de ganhar na loteria.

- Vamos fazer o seguinte mocinha … Voce me dá um predador de cada e também um bilhete da zebra. Vai que dá zebra né ?

- Zebra não tem no jogo da federal senhora. Zebra é na loteria esportiva,que por sinal,também está acumulada.

-Sério ? Então vou pro fim da fila. Quero jogar na loteria esportiva também.
Quando finalmente chegou minha vez de ser atendida de novo,eu estava com uma pilha de jogos e bilhetes nas mãos. Como a esperança é a última que morre,paguei todos os jogos, e voltei para o carro feliz que nem criança quando sabe que o dia do aniversário está próximo.

Agora é aguardar. Quem sabe,né ? Vai que…né ?

                                                                              *PenhaBoselli* / 2015


segunda-feira, 9 de março de 2015

AS COISAS NÃO VÃO BEM

Meu planeta é mal tratado,espoliado e judiado. Meu planeta é o paraiso,não existe outro.E como tal deveria ser tratado.
Fomos nós que caimos,não o planeta.Fomos nós que rebaixamos as energias perfeitas ao estado de imperfeição.Não foram os animais, ou outros seres viventes,os responsáveis pela queda,mas unicamente a raça humana. Pior que nossas ações,são os efeitos nefastos dos nossos pensamentos,sentimentos e intenções. Reverter o quadro exige um esforço conjunto de toda a humanidade,todos os governos,todas as religiões.É preciso elevar o nível de consciencia da humanidade com urgencia.
Cada pais,cada cultura,cada tribo,tem seu corpo mental,astral e emocional,que influencia por demais os eventos na terceira dimensão.Convenhamos...no Brasil esses corpos não estão bem e o relacionamento com a natureza,pior ainda. Portanto os efeitos se fazem sentir de imediato e de maneira assustadora : dengue,inundações,secas,inflação,violencia,roubo,corrupção,desprezo á saúde pública,abandono infantil ( crianças nosso maior patrimonio ) desemprego e pouca educação escolar. Somos ricamente diversificados em espiritualidade,mas ainda assim nos afastamos de Deus.
É preciso separar o joio do trigo.Algumas sementes não prestam para serem semeadas. As ervas daninhas tem que ser arrancadas,para que a terra permaneça limpa e fértil,do contrário,as flores não conseguirão renascer.

Nosso Planeta é o nosso jardim ( e o Brasil faz parte dele ).


                                                                                                        *PenhaBoselli* Maat / 2015

VAI PIZZA ?

(*) mãe
(-) filha
 - Mãe,vai uma pizzinha ?
* Vai sim ! Hoje é domingo,pé de cachimbo e eu não quero saber de entrar na cozinha. ( mãe )
- Vai de que mãe ? ( filha )
* Hum…calabresa moída com catupiry.

  - Nã…naninha ! Pó pará. Abobrinha e rúcula com tomate seco.
 ( filha )
* Que ? Tá louca ? Quem tá de regime é voce ! Não sou eu.

  - Então meio a meio.Meia rúcula e meia abobrinha…

* Heim ? Meio a meio de regime ? To fora ! Quero meia portuguesa e meia calábria.

  - Então vamos equilibrar : meia calábria e meia abobrinha,tá bom assim ?
* Tudo bem,mas então voce come a tua de abobrinha e não pede nem um pedaço da minha de linguiça.

  -Nem um pedacinho ? Nem uma azeitoninha ?
* Karaio do céu ! Assim não dá. Então vou pedir uma cervejinha…

  - Hum…tá bom,mas vai me dar pelo menos uma azeitona preta,porque a pizza de abobrinha não vem com azeitona.

 *Abobrinha tem no mercado,na quitanda,no quintal…não precisa ser na pizza. Faz favor,viu !
   
- É…pois é ! E o porquinho que virou linguiça,com cebola e catupiry,voce não tem dó ?
 *Respiro fundo...assim não dá viu. A gente quer chegar num consenso,mas fica difícil.E bebida ? O que vai ? Coca ? Guaraná ? Eu vou tomar uma latinha de cerveja.

   - Coca ? Nem pensar ? Guaraná também não. Tudo engordativo.

 *Dai-me paciência Senhor…Então bebe leite. Pronto ! Leite desnatado,desengordurado,sem lactose,transformado e reciclado de tal modo,que perde completamente o vínculo com as origens de onde veio : a santa vaquinha,lá da zona campestre.
  -Pizza não combina com leite,mãe. Éca ! Vou de chá verde.

* Alguém aí…pode me trazer o telefone para ligar na pizzaria ?

   Silencio…

- Alguém aí pode emprestar o cartão pra pagar, que o meu ja tá vencido ?

   Silencio…

* Misericórdia....sobra tudo pra mim.
 *Alo ? É da pizzaria ? Eu queria…

   Isso é uma gravação…Hoje não abrimos. Estamos fechados por luto.
   silencio…...tú tú tú tú tú...
............................................................................PenhaBosell*i / maat 2015

         

domingo, 8 de março de 2015

COM A ALMA SUFOCADA


Estou sem ar,sem respirar,sem leveza,sem vida. Minha alma está sufocada por uma montanha de papéis,recibos,folhas de pagamentos e comprovantes de renda. Isso não combina comigo. Sinto-me como se estivesse sendo privada de exercer o dom da minha alma : criar. E para criar,eu preciso estar bem. Preciso estar calma e em harmonia,em paz comigo mesma.
Essa burocracia que me pegou de surpresa,e me obriga a ficar afastada dos meus textos,das minhas fotos, e das minhas crônicas, é um castigo insuportável. Fico zanzando pelo apartamento que nem barata tonta,com pastas e documentos nas mãos,sem saber para onde ir ou o que fazer.
A alma truncada se angustia,entra em colapso emocional e fica a beira do caos. 
Tento manter a cabeça fria e fico dizendo a mim mesma ( o tempo todo ) que as coisas vão dar certo.O problema é que não consigo manter a calma em situações cuja solução não depende de mim.
Burocracia absurda…descalabro.
Intrincado…obscuro… e emaranhado imposto de renda. 
Perde-se tanto tempo com papéis,notas,cópias,recibos…o que tem isso a ver com a vida ? A vida verdadeira que pulsa em nós e no Universo ?
 Minha alma sabe do que gosto. Sabe também que eu tenho alergia a papéis,cifras,numeros,datas recibos,ou qualquer burocracia da terceira dimensão.
Invoquei a Tríplice Aliança Espiritual :  Arcanjo Miguel ,Nossa Senhora Desatadora dos Nós e Santa Edwirges,mas não tem jeito não. Vou ter que encarar o Posto da Receita Federal na rua Augusta mais uma vez,encarar o transito na Paulista mais uma vez e encarar aquela fila de espera insuportável,mais uma vez.

                                                                                                     *PenhaBoselli* / 2015

sábado, 7 de março de 2015

SOPÃO

O clima chuvoso e friozinho pedia uma bela sopa na janta. Achei por bem fazer uma bem suculenta e grossa,daquelas que a gente cozinha tudo no caldeirão ( cenoura,batata,carne,vagem ) e depois bate no liquidificador.
De posse de todos os ingredientes,dei inicio ao ritual do caldeirão : acendi o fogo,coloquei água,fui picando os legumes,a carne,e deixei tudo fervendo até o ponto certo de cozimento. A salsa e a cebolinha,eu piquei e deixei separado para bater depois,junto com todos os legumes quando estivessem devidamente cozidos e no ponto. A sopa estava cheirosa e perfumada,a fumaça saía da panela,dançando através das bordas da tampa e então desliguei o fogo e levei para bater no liqüidificador.

Liquidificador ? Que liqüidificador ? Cade o liqüidificador ?
Pois não é que eu me esqueci que meu liqüidificador está sem copo ? Esqueci que o copo do liqüidificador rachou e foi pro lixo ? Decepcionada,fiquei olhando com cara de pateta para o motor do liqüidificador que estava em cima do balcão da cozinha,silencioso e inútil. E agora ? Como fica o meu sopão ?
Diante da impossibilidade de fazer minha sopa cremosa,mas ciente de que ela estaria uma gostosura,me contentei com sopa picadinho mesmo. Improvisar é preciso,aceitar o inevitável é necessário, e adaptar-se ás situações é viver bem. Fato é,que a sopa ficou uma delícia e fez sucesso. Os famintos da família a degustaram salpicada com queijo ralado,pão italiano e guardanapo no pescoço. Eu também,mas acompanhada com um bom vinho tinto, daqueles que deixa o pescoço da gente bem molenga no cangote, e o corpo todo,no ponto certo para dormir bem.

                                                                                             
                                                                          *PenhaBoselli* -2015-

quinta-feira, 5 de março de 2015

NA MALHA FINA


Tubarão não cai na rede.Quem cai na rede é peixe pequeno : tilápia e lambari. Os tubarões continuem nadando livre pelo mar.
Quase caí das pernas quando abri os quatro envelopes que chegaram lacrados via sedex. Eram todos da Secretaria da Receita Federal do Brasil ( Ministério da Fazenda ) Olha que chique. Bem que eu tive vontade de xingar e esconjurar o órgão,mas meu ego falou mais alto.
Eu sendo investigada ? Nossa ! Sou rica,sou importante,ganho uma fortuna,tenho varias contas na Suiça,sou um risco eminente para os cofres do meu pais. Estou na lista dos burladores de impostos ? Que chique ! Tenho status e não sabia…O problema é que minha ficha caiu logo,porque não quero fazer parte desse segmento social escroto que surrupia,rouba,abre conta no exterior,desvia dinheiro,explora nossas riquezas naturais e não tem patriotismo nenhum. Muito pelo contrário,não estão nem aí com o Brasil. Muito menos com o povo brasileiro.

Resignada pela surpresa desagradável,humildemente comecei a juntar todos os hollerites de professora aposentada dos últimos quatro anos ( isso mesmo,quatro anos : 2010,2011,2012 e 2013 ) todas as declarações de rendimentos,contas,pagamentos,despesas médicas e escambau dos últimos QUATRO anos…sacou ? Eles querem saber se eu estou desviando dinheiro ha muito tempo,ou saber se estou mesmo recebendo essa aposentaria ( pode ser falsa ) ou saber se eu não errei nas contas,aí então,talvez deva pagar mais imposto,algum saldo devedor de quatro anos pregressos. Isso é muito importante para o pais,muito importante para o partido.
PUTAQUEOSPARIU !
Tanto escroto merda roubando esse pais e vem encher o saco de professora aposentada ?
Fiz uma catança de tudo que tinha…coloquei cada ano e seus respectivos documentos em uma pastinha. Arrumei,empilhei,ensaquei,emplaquei,cataloguei e amanhã vou lá,passar pelo exame de algum técnico em rendimento fiscal ( não sem antes engolir um rivotril para me manter calma ) Tenho certeza que antes, vou ter que pegar uma senha,pegar uma fila e aguardar com a paciência de um monge budista ( abençoado candy crush ) até a hora de sentar na cadeira e escancarar minha vida financeira dos últimos quatro anos,para provar que sou ex classe média baixa média,sem direito auxilio (  disso ou daquilo ) sem direito a bolsa de qualquer coisa,com aposentadoria achatada,desvalorizada e professora aposentada falida.
FAZ FAVOR,VIU !
Quem mandou nascer tilápia ?

                                                                                        *PenhaBoselli* / 2015

quarta-feira, 4 de março de 2015

BOLAS DE MEIA

Depois da faxina no guarda roupa do meu filho,foi necessário uma triagem : o que vai para o bazar do hospital,o que vai para funcionários do prédio,o que vai virar pano de tirar pó ( geralmente cuecas velhas,de algodão com elástico esgarçado e frouxo ) são bem macias e dão ótimos paninhos de limpeza. Depois de tudo separado,sobrou em cima da mesa,uma montanha de meias desparelhadas. O que fazer ? Então me veio á lembrança, o gosto que meu netinho tem por bolas feitas com meia.
Resolvi que as meias poderiam dar ótimas bolas de pano.Fiz uma avaliação apurada do estado de cada meia, e dei início ao trabalho manual. Enrolei,enrolei,enrolei,deixei as bolas bem durinhas e costurei as bordas,para que não se esgarçassem.
Feitas as bolas,fotografei e mandei pelo whats app para meu netinho escolher. A bola branca foi favoritada em resposta imediata pelo iphone. As bolas cinza e preta voltaram para o guarda roupa do meu filho de onde tinham saído em forma de meia. O marmanjão resolveu que também queria bolas de meia,virou criança despeitada.
Quem diria…na minha infância a gente fazia bola com meia de seda,para jogar queimada na rua. Meu netinho tem ipad,itouch,é uma criança moderna e virtualizada,mas seus olhinhos brilham quando ve as bolas de meia. Vai ganhar uma bola nova da vovó,porque a dele já está toda estropiada,de tanto que o moleque brinca com ela enquanto espera a perua escolar chegar.
As outras duas vão ficar com meu filho,guardadas no guarda roupa. Quem sabe um dia,ele não dá uma delas para um filho dele ?
A tecnologia muda,mas alguns brinquedos antigos não.
                       
                                                                                                *PenhaBoselli* / 2015


segunda-feira, 2 de março de 2015

DOMINGO ESOTÉRICO

Faço de tudo para não ficar em casa no domingo. Detesto televisão,tem pouco serviço em casa e tenho horror a programas tipo "fantastico" ou qualquer outro que me lembre que é domingo. 
Então saio de casa.Mas não é sair para passear,gastar dinheiro,fazer compras em feirinhas ou ir a shopping. Não !  Sáio para fazer cursos ( de cura,espiritualidade busca de conhecimento e auto conhecimento ,esoterismo,etc…)
 O domingo torna-se agradável,volto para casa de noitinha,cansada e gratificada. Ainda que muitas verdades se repitam,e que eu tenha que ouvir informações antigas de anos atras,sempre aprendo alguma coisa nova e acabo conhecendo pessoas interessantes.
Esses cursos me deixam leve e me ajudam a viver em paz,longe das banalidades da vida.
Hoje,por exemplo,estavamos em oito pessoas que se reuniram em um espaço holistico, com o propósito de ir á luta para exercer a máxima “conhece-te a ti mesmo “.
Das oito pessoas que estavam no curso,seis apresentaram obstáculos e impedimentos com os elementos Terra e Fogo ( sulphur ) inclusive eu. Ou seja,dificuldades com o chacra que realiza e materializa as coisas ( sobrevivencia,segurança,dinheiro )
 Coincidencia ? Não existem coincidências no Universo,mas sincronicidade. E justamente por apresentarmos características pessoais tão semelhantes,surgiu no grupo uma afinidade enriquecedora. O trabalho fluiu bem e houve uma troca intensa de informações e experiências de vida. No final do dia,pudemos sentir que a prática de alguns exercicios ligados as energias do chacra básico ( materialização,concretização de idéias ) abriu entendimento e oportunidade de mudanças pessoais internas. A sensação de ter feito algo por si mesmo,de buscar outro caminho para o auto entendimento, que não aquele da  banalidade para ser feliz,é muito reconfortante.
Agora cabe a cada um (que participou das palestras ) fazer seu próprio movimento,fortalecendo em si os elementos fogo e terra, que materializam realizam e concretizam projetos e ideias que brotam no astral.Fogo e Terra juntos, fazem o que está no céu,descer para a terra.
........................................................PenhaBosell*i / maat 2015

SACOLINHAS


Elas são práticas,e facilitam a vida da gente pra carregar frutas,arroz,feijão,bebidas ,pão etc…
O problema é que ficamos viciados nelas,e elas estão destruindo o mundo da gente.
As sacolas de plásticos estão com os dias contados.mesmo porque,se nós não acabarmos com elas,elas é que vão acabar conosco.

Vai ser difícil acostumar. Misturar toda compra em uma única sacola,ou carregar caixas de papelão,me causam um certo desconforto,mas vou ter que encarar o novo hábito. Mesmo porque,é muito triste ver os rios poluidos,esgotos entupidos e pássaros morrendo com o estômago cheio de plástico.
Me preocupa também, pensar que não terei mais essa sacolinhas para usar no banheiro . Tá espantado ? Ué…tem gente que joga papel na privada,mas aqui em casa a gente joga no lixinho. E é tudo sacolinha de mercado,sim !  E dai ?
Heim ? Tá me chamando de brega ? To nem aí. Sem sacolinha no banheiro eu não fico.Vou ter que comprar,claro. Usar jornal velho no cestinho,nem pensar. Primeiro porque aqui a gente não compra nem lê jornal,segundo que a gente tem alergia do papel de jornal. Fica todo mundo espirrando quando chega perto de jornal.
Bom mesmo seria se a gente pudesse limpar o bumbum e jogar o papel sujo no cestinho do computador. Pensou que fácil ? No fim do dia,era só esvaziar o lixinho com um único clique.
Quem vai faturar legal com a venda de sacolinhas de plásticos eu não sei,mas quem vai sair ganhando é o Planeta Terra ,que agradece aos humanos a atitude de banir de vez com as sacolinhas assassinas.
Semana que vem a novidade começa. Tomara que dê certo. Assim como está não dá pra ficar.

                                                                                      * PenhaBoselli* / 2015