Cronicas e reflexões

CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

quarta-feira, 26 de abril de 2017

MORTE E MEDO

Não é a morte que assusta,mas o medo de morrer e a doença que a precede.
Me pergunto todos os dias, por que temos que ficar doentes para morrer ?
A doença nos traz a sensação de estarmos caminhando para a morte. Ela nos ameaça, intimida e nos mantém paralisados.
Todo mundo deveria ter a chance de morrer sem adoecer,sem passar pelo padecimento da doença incurável, que judia e castiga,desafiando nossa esperança, exaurindo os familiares e minando nossa paciência fervorosa de que vamos sarar.
Seria bom se pudéssemos escolher a hora da nossa morte. Tipo assim, já vivi de tudo, já cumpri minha missão, não quero mais ficar.
Três respirações e pronto !

by…by…
Morte não precisava ser sinonimo de dor, pavor…de fios, aparelhos e instrumentálias afins, socados num ambiente fechado e saturado de  luzes artificiais.
Morte deveria trazer emoções de calma, de paz, de escolha consciente ; projeto planejado como uma viagem ( sonhada, escolhida e esperada )
Morrer deveria ser simples,fácil,indolor ; tão natural quanto o gesto de fechar um livro quando terminamos de ler a história. Simples assim.
                 
        

                            Maria da Penha Boselli* / 2017